Leitura de notícia
Bhaz ( Notícias ) - MG - Brasil - 08-10-2016 - 11:05 -   Notícia original Link para notícia
Justiça Federal determina que prefeitura isole capivaras na orla da Lagoa da Pampulha

Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter

Divulgação/PBH

O desembargador Souza Prudente, da 5ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), de Brasília, determinou que a Prefeitura de Belo Horizonte recolha novamente as capivaras da orla da Lagoa da Pampulha. Os animais são hospedeiros do carrapato-estrela, transmissor da bactéria que causa febre maculosa. A decisão - que tem caráter liminar - foi proferida em apelação proposta por uma associação de moradores do bairro Bandeirantes.

Em 2014, a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) chegou a capturar 52 capivaras na orla da lagoa. Porém o Ibama foi contrário à manutenção dos animais em cativeiro durante um longo período, defendendo que eles deveriam ser manejados de forma sustentável. No ano passado, o caso foi parar na 20ª Vara da Justiça Federal em Belo Horizonte. O município ajuizou uma ação contra o órgão de meio ambiente para que não fosse obrigado a soltar os roedores.

O juiz federal que analisou o caso considerou improcedente o mérito da ação, ressaltando que "a captura e a manutenção desses animais em cativeiro, sem um plano de manejo adequado, representa ofensa a um bem protegido por Lei. (...) Antes de representar uma solução para um problema ambiental antigo, revela-se desencadeador de outro mais grave e imediato".

Com isso, 14 capivaras que sobreviveram ao cativeiro foram libertadas na Pampulha no início deste ano. Ao total, durante um período de pouco mais de um ano, 38 animais morreram ao serem mantidos em local isolado com espaço restrito.

A decisão do desembargador do TRF1 volta a autorizar a retirada das capivaras até que o mérito da ação seja julgado pela 5ª Turma do Tribunal Federal. A Prefeitura de Belo Horizonte ainda não se manifestou sobre o caso.

Monitoramento do carrapato-estrela

Um monitoramento realizado no último dia 23 na orla da Lagoa da Pampulha indicou que há maior incidência da presença de carrapatos próximo ao Museu de Arte, na área entre o () e a Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), e também no trecho entre a Casa do Baile e a estátua de Iemanjá. A informação consta na ata da audiência feita na última quinta-feira (6) pelo grupo criado para discutir o combate aos transmissores da febre maculosa e o plano de manejo da fauna da região.


Palavras Chave Encontradas: Pampulha Iate Clube, PIC
O conteúdo acima foi reproduzido conforme o original, com informações e opiniões de responsabilidade da fonte (veículo especificado acima).
© Copyright. Interclip - Monitoramento de Notícias. Todos os direitos reservados, 2013.

Fatal error: Uncaught exception 'Exception' with message '<b>WARNING 2</b> - Arquivo Unknown -> Unknown: write failed: No space left on device (28)' in /var/www/html/webclipping/admin/Auxiliares/ErrorHandlerFunction.php:46 Stack trace: #0 [internal function]: errorHandler(2, 'Unknown: write ...', 'Unknown', 0, Array) #1 {main} thrown in /var/www/html/webclipping/admin/Auxiliares/ErrorHandlerFunction.php on line 46